Quais os Melhores Seguros de Vida em Portugal, em 2020?

1- Critérios para definir qual o melhor seguro de vida em 2020, em Portugal:

Começando pela evidência de que um seguro de pode ser melhor ou pior consoante a pessoa que fica segura, existem critérios gerais que podem ajudar a definir a qualidade de um seguro de vida. E eles são:

1.1 Uma lista pequena de exclusões e que estas tenham pouca abrangência, ou seja, sejam as exclusões normais e usuais num seguro de vida.

1.2. As coberturas que o compõem e neste caso a cobertura de Morte é uma cobertura base e fundamental em qualquer seguro de vida. Depois segue-se a cobertura de Invalidez, e aqui é muito importante definir o que são os tipos de coberturas de invalidez principais.
A Invalidez Absoluta e Definitiva, ou IAD, é definida como aplicável quando a pessoa segura fica num estado de tal gravidade que não consegue realizar os actos normais de vida com independência, como levantar-se, alimentar-se, etc, tendo que recorrer à ajuda de uma outra pessoa. Algumas seguradoras adicionam um outro requisito a esta cobertura, que é verificação de uma invalidez física de 85%.
A Invalidez Total e Permanente, vulgo ITP,  e que em algumas seguradoras tem a designação de Invalidez Definitiva para a Profissão ou Actividade Compatível, IDPAC, tem um nível de protecção bastante superior.
Aqui entram em equação dois requisitos cumulativos para que esta invalidez seja declarada e esta cobertura accionada: o primeiro é uma invalidez de carácter profissional, ou seja, a pessoa segura em consequência de doença ou acidente fica impossibilitada de desempenhar a sua profissão ou outra equivalente de acordo com os seus conhecimentos e aptidões. De seguida, é necessário adicionar um requisito de invalidez física, de grau igual a 60% ou 65%. Quando mais baixo o grau melhor é a cobertura, pois mais facilmente é atingido.

Melhor Seguro de Vida em Porrtugal em 2020
É possível pagar metade pelo meu seguro de vida crédito?

2- Quais os melhores seguros de vida do mercado em 2020 (no ramo do crédito habitação, os mais procurados)

2.1 Como vimos já, temos que excluir os seguros de vida  com a cobertura de Invalidez Absoluta e Definitiva, ou IAD.
No entanto, sempre que a pessoa segura não possa subscrever uma Invalidez Total e Permanente (ITP), a melhor cobertura, é possível encontrar opções em que as coberturas de Morte e IAD são complementadas com coberturas extra que enriquecem o seguro de vida, e estas são a Morte Por Acidente, e a Morte Por Acidente que Origina Filhos Menores a Cargo da pessoa segura.

2.2 Passando para a ITP, e concentrado-nos só nela, um seguro de vida é melhor que outro quando a percentagem de invalidez física (um dos requisitos cumulativos) é mais baixa, o que existe disponível são estas percentagens: 66%, 65%, 60%. Se tiver de optar, escolha de 60%.

2.3 É possível encontrar opções em que a ITP é complementada também por coberturas opcionais, e a primeira variante é a semelhante à da IAD, e é pela inclusão das coberturas complementares de Morte Por Acidente, e a Morte Por Acidente que Origina Filhos Menores a Cargo da pessoa segura.

2.4 Segue-se uma opção igualmente interessante em que se acrescenta a cobertura opcional de Morte por Acidente de Circulação, que significa que a seguradora paga mais um capital se a pessoa segura falecer num acidente envolvendo um meio de transporte. Isto torna o seguro de vida para crédito habitação num meio para proteger igualmente a sua família fora do âmbito do crédito. É muito indicada para pessoas que conduzam ou viajam muito.

2.5 Dentro deste âmbito da protecção familiar dentro de um seguro de vida que se destina a cobrir o crédito habitação, é muito interessante a opção das seguradoras que ao segurarem duas pessoas seguras, o fazem em apólices separadas, mantendo a competitividade do prémio a pagar. Isto porque a morte ou invalidez simultânea das pessoas de um casal pode verificar-se, e nesse caso uma das apólices responde perante a dívida do crédito e a outra é atribuída aos beneficiários, que normalmente são os filhos.

2.5 É possível contratar neste tipo de seguro de vida a cobertura opcional de Doenças Graves, que estabelece um capital seguro em que caso se verifique uma das doenças graves na apólice, é imediatamente pago à pessoa segura em caso de diagnóstico de uma dessas doenças.

2.6 Por fim, temos a possibilidade de adicionar coberturas adicionais que duplicam e até triplicam o capital em caso de acidente, ou seja, em caso de morte por acidente ou em caso de invalidez por acidente.

Pode simular um seguro de vida com todas estas opções no simulador de seguro de vida para crédito habitação da SEGURAMENTE

 

VEJA TAMBÉM:
Simulação de Seguro de Vida Crédito em Portugal
É possível pagar metade pelo meu seguro de vida?
5 Principais Coisas a ter em conta no Seguro de Vida para Crédito Habitação

Protected by Copyscape

Please follow and like us: