5 Principais Coisas a ter em conta no Seguro de Vida para Crédito Habitação: #3 Capitais (como obter, como actualizar)

Os prémios dos seguros de vida são o resultado de uma taxa sobre um capital. Como a taxa é a medida do factor de risco, e como num seguro de vida a idade é “o ” facto de risco, normalmente a taxa reflete a nossa idade. Quanto mais velhos, mais alta será a taxa. Claro que se o nosso estado de saúde não for dos melhores, a seguradora, ao avaliar o risco, poderá adicionar um agravamento à taxa que se apurou pela nossa idade.
Passando ao capital, em seguros de vida esta expressão representa o valor que a seguradora terá que pagar se for accionada a cobertura de morte ou invalidez (que como já vimos em artigos anteriores, em seguro de vida para crédito habitação são normalmente a IAD (Invalidez Absoluta e Definitiva) ou a ITP, que é a melhor (Invalidez Total e Permanente). Do lado do cliente, o capital é o valor que pretende que se receba, caso aconteça alguma destas situações, morte ou invalidez.

No seguro de vida para crédito habitação é ligeiramente diferente, porque o capital não pode ser escolhido, uma vez que o que se vai cobrir é o valor em dívida do crédito habitação em determinado momento, e que como sabemos é um valor volátil. E também não será o cliente a receber esse capital e sim o banco onde contratou o crédito habitação.
Saiba qual o melhor seguro de vida crédito habitação para si falando com os nossos consultores e comparando propostas de 27 segurarodoras

No seguro de vida para crédito habitação é ligeiramente diferente, porque o capital não pode ser escolhido, uma vez que o que se vai cobrir é o valor em dívida do crédito habitação em determinado momento, e que como sabemos é um valor volátil. E também não será o cliente a receber esse capital e sim o banco onde contratou o crédito habitação.
Assim, existem duas hipóteses: ou subscrevemos um seguro de vida tradicional, definimos hoje o capital em dívida e temos que ser nós a ir actualizando, se quisermos. Se não actualizarmos o capital, à medida que vamos liquidando prestações do nosso empréstimo, a diferença entre o capital que contratámos e que aquele que efectivamente devemos ao banco, em caso de morte ou invalidez, ora reverte para nós ou para os nossos herdeiros legais.
Como outra hipótese, podemos contratar um tipo de seguro de vida específico para garantir crédito à habitação, e que normalmente se chama em inglês decreasing term life.
Neste tipo de seguro, quando o contratamos, é definido:

  • o capital em dívida
  • o tipo de juros que incidem sobre o contrato de crédito (normalmente um spread e um indexante tipo Euribor)
  • o prazo do crédito
  • a tipologia do crédito, por exemplo se tem prestações constantes, se tem carência de capital, se tem capital diferido.

Com estes dados, a seguradora consegue saber sempre qual vai ser o capital em dívida.
Sobra para o cliente o ter que informar a seguradora apenas se fizer uma amortização extraordinária de capital, porque todas as prestações mensais já serão do conhecimento da seguradora vida.
Isto vai permitir que o seguro vida crédito habitação esteja sempre a ser cobrado pelo capital em dívida real.

Já sabemos que os prémio irão aumentar todos os anos devido ao aumento do factor de risco mas desta forma, aumentarão menos do que seria esperado.

Faça uma simulação e comece já hoje a poupar.

VEJA TAMBÉM:

Please follow and like us: